Copyright 2017 - Custom text here

DICAS DE SEGURANÇA

1 - SEGURANÇA NO TRABALHO
•Faça com que o seu local de trabalho seja confortável, proporcionando assim mais estímulo e um maior cuidado com as actividades mais perigosas;
•Procure organizar o local de trabalho, ou seja, deixe os objectos nos seus devidos lugares e bem guardados. Isto impede as improvisações, diminuindo os acidentes;
•Esteja sempre informado quanto aos riscos e cuidados que envolvem as suas actividades e as formas de protecção disponíveis para diminuir esses riscos;
•Participe em actividades e cursos de prevenção de acidentes sempre que a empresa os promover;
•Procure aplicar as medidas e dispositivos de prevenção dos acidentes de trabalho;
•Sugira à empresa palestras e cursos sobre prevenção de acidentes;
•Em caso de acidente, e se houver sangramento, tente estancar a ferida e encaminhar o ferido imediatamente para o pronto-socorro.
•Se houver amputação, leve o órgão amputado juntamente com a vítima, tente envolvê-lo em gelo para garantir a possibilidade de reimplante;
•Se trabalha com máquinas, nunca retire as protecções do seu corpo enquanto as está a utilizar;
•Se trabalhar muitas horas sentado, mantenha-se numa posição adequada. Faça pequenas paragens cada 2 horas;
•No seu local de trabalho use sempre a protecção individual recomendada. Se acha que é incómoda ou desajustada, informe-se com os responsáveis de segurança da sua empresa;
•Exija o seu Seguro de Acidentes de Trabalho.
 

 2 - SEGURANÇA NA REDE VINTI4
•Procure sempre retirar ou depositar dinheiro nas horas de mais movimento;
•Caso precise movimentar a sua conta à noite ou de madrugada, escolha uma caixa ATM localizada num centro comercial, num supermercado, numa loja de conveniência ou num outro qualquer sítio movimentado. Mesmo assim, evite ir sozinho(a);
•Caso precise de estacionar o carro na rua e de andar até à caixa ATM, nunca deixe outra pessoa sozinha no seu veículo;
•Preste atenção e pare o carro apenas depois de verificar que nos arredores não há ninguém suspeito;
•Se alguém estiver a levantar dinheiro quando chegar, espere que a pessoa se vá embora, antes de desligar o carro;
•Faça o seu Seguro de Cartões de Crédito.
 

3 - SEGURANÇA NA ESCOLA
O seu filho estará em maior segurança se forem cumpridas as seguintes regras:

Para os pais:

•Conheça o seu horário escolar;
•Conheça os percursos que o seu filho utiliza de ida e volta para a escola;
•Conheça os nomes e contactos dos seus colegas e amigos;
•Conheça os locais onde o seu filho costuma brincar;
•Se levar as crianças à escola no seu carro, não as deixe atravessar as ruas sozinhas: se tiver espaço, pare junto à entrada da escola; se não, atravesse a rua com elas;
•Ensine as crianças a atravessarem a rua correctamente e a fazê-lo apenas nas passadeiras. Se estas não existirem, ensine-o a olhar para a esquerda e para a direita antes de atravessar;
•Explique aos seus filhos o significado dos sinais luminosos e nunca atravesse com as crianças quando estiver aceso o sinal vermelho para os peões.
•Segure os seus filhos com o Seguro Escolar.

Para os filhos:

  • Não aceitar boleias de desconhecidos;
  • Não mostrar que trazem dinheiro ou outros valores;
  • Não aceitar guloseimas, dinheiro ou outras ofertas de desconhecidos;
  • Não alterar os percursos de ida e volta da escola;
  • Nos transportes públicos, não colocar nada no bolso de trás;
  • Não brincar em zonas desertas ou com pouco movimento;
  • Informar os pais sobre quaisquer contactos ou informações da parte de estranhos;
  • Pedir ajuda de imediato em caso de necessidade e, se for necessário, gritar;
  • Procurar conhecer os polícias da sua área e falar com eles;
  • Exija o Seguro Escolar

 

4 - SEGURANÇA NA ALIMENTAÇÃO
•Distinga a comida saudável. Se for um alimento vegetal e cru, então deverá ser bom de manhã, à tarde e à noite. Mantenha-se longe dos alimentos gordurosos;
•Opte por carnes magras, de preferência carne de aves, evite as carnes vermelhas;
•Opte por beber água. É a bebida original e continua a ser a melhor opção. Esqueça os refrigerantes, sumos de fruta transformados, cafés e bebidas alcoólicas. Ao beber água irá com certeza sentir a diferença no seu organismo;
•Saboreie as suas refeições. Muitas vezes estamos com tanta pressa que, em vez de mastigar, apenas engolimos a comida de forma apressada, sem sequer sentirmos o sabor do que estamos a comer.
•Além de fazer com que a quantidade de comida ingerida seja maior também faz com que a digestão seja mais difícil. Mastigue lentamente a comida; vai sentir mais prazer em comer e o seu estômago agradece;
•Não coma demais. Não quer dizer que deva passar fome. Nem que deva saltar refeições. Deve comer até ao ponto imediatamente antes de se sentir cheio. Vai sentir melhorias na digestão e no seu peso;
•Coma várias vezes por dia. Fazer 5 a 6 pequenas refeições por dia, que podem ser consideradas como pequenos lanches, faz com que se sinta com mais energia durante todo o dia e irá fazer com que chegue às principais refeições com menos apetite. À medida que for reduzindo a quantidade de comida que ingere, o seu peso vai-se também reduzindo gradualmente;
•Aprenda a dizer “NÃO”. Sempre que lhe seja apresentado um alimento pouco saudável aprenda a dizer “não, muito obrigado”. Não veja isto como uma restrição, mas sim como uma oportunidade de fortalecer o seu carácter e a sua disciplina. Com isto está a fazer um bem fantástico à sua saúde;
•Pratique algum exercício. Comprometa-se a fazer pelo menos 4 caminhadas de 30 minutos por semana. Além de ajudar a queimar algumas calorias extras, vai também acelerar o seu metabolismo, dificultando o aumento de peso e garantindo que se mantem saudável;
•Faça o Seguro de Vida.

 

5 - SEGURANÇA EM VIAGEM
•É ilusão pensar-se que, mesmo em países do Primeiro Mundo, se está a salvo de algum tipo de violência: o turista é sempre um dos alvos preferenciais dos marginais;
•Procure ser discreto. É verdade que em certos países, nunca será confundido com os locais, mas também não é preciso ser-se tão óbvio – por exemplo, usar bermudas, camisa estampada, bone e maquina fotográfica;
•Nunca ponha a maior fatia do seu dinheiro nem o passaporte e documentos importantes, em bolsas a tiracolo. Pode optar pela velha bolsa de tecido resistente, usada por dentro da roupa, fechada com um fecho-éclair ou velcro e presa com um elástico resistente à volta da cintura. Por precaução, faça-a numa cor clara e ponha-lhe o seu nome e número de passaporte;
•Deixe na carteira apenas pequenas somas em moeda do país para as despesas diários. Nunca ponha a carteira no bolso de trás das calças ou na mala de mão;
•O passaporte é um atraente objecto de cobiça em muitos países, onde chega a ser vendido no mercado negro. Proteja-o. Se for possível, ande apenas com uma cópia do passaporte e um cartão do hotel;
•Os cheques de viagem são a sua segurança. É muito importante nunca os guardar ao pé do recibo de compra dos mesmos, nem do passaporte;
•Muitos hotéis possuem cofres de segurança nos quartos ou na recepção: use-os para os valores mais altos e também para os cheques de viagem, se não se sente seguro em deixá-los dentro da mala, no quarto;
•A grande maioria dos furtos ocorre em locais onde há grande concentração de pessoas, como mercados, estações de autocarros, de comboios e metro;
•Não ande a pé em lugares desertos ou bairros suspeitos. Este conselho é particularmente importante em grandes cidades, para pessoas sozinhas e para mulheres, mesmo que estejam em grupo;
•Desconfie de pessoas que o abordem para lhe oferecer um táxi clandestino num aeroporto ou numa estação;
•Nas praias, não abandone os seus objectos pessoais na areia, ao entrar na água;
•Cuidado com certas “amizades” e convites de estranhos em viagem. Isto vale a dobrar para mulheres que viajem sozinhas;
•Se alugar um automóvel, não deixe a bagagem a ver-se dentro do carro. Se tal for inevitável, estacione o veículo num lugar seguro;
•Sempre que viajar faça o seu Seguro de Viagem e Assistência em Viagem.
 

6 - SEGURANÇA NAS PRAIAS
•Obedeça à sinalização dos locais perigosos;
•Entre no mar com cuidado e não vá para muito longe; A profundidade máxima deve ser quando a água atinge o nível do umbigo;
•Mantenha as crianças sempre perto e sob a sua vista;
•Permaneça longe de dunas e arribas;
•Se for usar alguma embarcação, vista sempre o colete salva-vidas;
•Nunca entre na água depois de comer ou beber demais;
•Não fique muito tempo exposto ao sol, pois isto pode prejudicar a sua pele e a sua saúde;
•Se se aperceber de que alguém está em dificuldades dentro de água, mantenha a calma e chame imediatamente um Bombeiro Guarda-Vidas;
•Deixe os objectos de valor num lugar realmente seguro;
•Procure manter as praias sempre limpas;
•Faça o seu Seguro de Acidentes Pessoais.
 

7 - SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS
•Fique atento: perdas de gás, problemas na rede eléctrica ou até cinzeiros, podem provocar fogo. Tenha sempre a botija de gás na posição vertical (em pé). Não deixe botijas de gás em contacto directo com o fogão ou num local sem ventilação;
•Quando instalar a sua botija, teste-a com espuma de sabão para verificar se há alguma perda de gás. Caso haja formação de bolhas, isso indica que há saída de gás. Troque-a imediatamente. Se não conseguir resolver o problema, procure, rapidamente, orientação profissional;
•Não ligue mais do que um aparelho eléctrico simultaneamente na mesma tomada. Muitos incêndios acontecem por sobrecarga eléctrica;
•Ao sentir cheiro a gás, evite activar qualquer fonte de calor: não acenda luzes, apague os cigarros e as bocas de fogão. Abra as portas e as janelas para ventilar o ambiente;
•Nunca deixe uma panela ao lume, ao sair da cozinha;
•Acenda primeiro o fósforo, depois gire o botão do fogão;
•Não coloque fios eléctricos sob tapetes ou soltos pelo chão, onde possam ser pisados ou danificados;
•Nunca aproxime os aquecedores de qualquer tipo de fonte combustível (roupas, cobertores e cortinas);
•Inspeccione constantemente as ligações, tomadas e fios dos seus aquecedores eléctricos. Nem todas as tomadas e redes estão aptas para os a receber;
•Adopte o hábito de ter ao menos um extintor em casa, próximo da porta de saída;
•Se a gordura numa panela ou caçarola começar a arder (banha, óleo, graxa, etc.), nunca tente retirar o utensílio do fogão. Cubra a panela com um pano ou com a tampa e desligue o fogão. Não deixe nada a cozinhar no fogão sem alguém a vigiar. Ponha o cabo das caçarolas para o lado de dentro do fogão, onde as crianças não lhes cheguem e você não lhes bata por acaso. A cozinha é o local onde mais acontecem incêndios dentro do lar. Conserve o exaustor, o motor, o fogão e os fornos, sem gordura nem pó;
•Não acenda velas em locais onde possam ser atingidas por cortinas ou outros materiais, nem as deixe acesas ao deitar-se;
•As lâmpadas são grandes fontes de calor. Não deixe roupas, caixas de papel ou outros artigos próximos delas;
•Instalações eléctricas danificadas ou mal conservadas são uma permanente fonte de perigo;
•Não guarde latas com sobras de tinta abertas. São uma fonte permanente de incêndios;
•Faça o seu Seguro de Incêndio.
 

 8 - SEGURANÇA NO TRÂNSITO
•Coloque os retrovisores da forma mais aberta possível, para aumentar o ângulo de visão e diminuir os pontos cegos;
•Os pneus devem ser calibrados conforme manda o manual do veículo e de acordo com o peso da carga. Distribua o peso da bagagem pela mala! Melhora a estabilidade;
•Nunca use os travões em curvas. Prefira reduzir;
•Mantenha a distância de segurança em relação aos outros veículos, nem na cidade nem na estrada;
•Ligue o pisca bastante antes de virar; à última hora, não serve de nada;
•Deixe os faróis ligados seja dia ou noite, cidade ou estrada. Garante a visibilidade e a segurança;
•Depois de duas trocas de óleo, mude o filtro de óleo, salvo se o manual do seu carro disser o contrário. Não espere que as velas de ignição e o filtro de gasolina entupam e o seu carro pare, para os trocar. São baratos, por isso, troque-os pelo menos uma vez ao ano;
•Tenha sempre à mão uma mala de ferramentas, uma lanterna, pilhas, uma vela e fósforos, como ferramentas de reserva, tanto na cidade como na estrada;
•Segurança: os alarmes não oferecem tanta segurança como se julga. Por isso, coloque uma tranca e o alarme.
•Ao colocar água no radiador, faça-o com o motor frio;
•Cuidado com os faróis altos, pois ofuscam os condutores que circulam em sentido contrário;
•Discussões no carro? Cuidado com as energias! Pare o carro, saia e discuta fora dele; depois volte a entrar e continue a viagem;
•Usar o cinto de segurança sem folga entre o cinto e o corpo. O uso do cinto de segurança diminui muito as probabilidades de morte nos acidentes;
•Ao transportar objectos no seu veículo, use sempre o porta-bagagens, procurando colocar os objectos mais pesados encostados ao banco traseiro. Deste modo, o peso fica melhor distribuído;
•Deve-se conduzir com os polegares das mãos para cima e fora do volante, principalmente se o veículo não tiver direcção hidráulica.
•A razão é que se a roda chocar com um tronco, um buraco ou uma pedra grande, o volante pode girar violentamente prendendo os polegares, podendo partir-lhe o dedo;
•Evite o som alto enquanto estiver a guiar, porque condiciona os reflexos e desconcentra a atenção. Além disso, evite falar demais quando estiver ao volante, pois isso desconcentra ainda mais. Nunca use o telemóvel quando conduz;
•Faça o seu Seguro AUTO+.
 

9 - SEGURANÇA NO LAR
•Verifique portas e janelas, deixando-as devidamente trancadas;
•Reforce todas as fechaduras das portas e janelas; se possível, use obstáculos;
•Não abra a porta a estranhos. Exija a identificação aos empregados temporários (lavadeiras, vendedores e entregadores de frutas, pizzas, etc.);
•Não entregue as chaves de casa a qualquer pessoa;
•Não receba encomendas quando não solicitadas ou que levantem dúvidas de ser de procedência estranha;
•Evite guardar em casa dinheiro e valores desnecessários (jóias, pinturas, etc.);
•Em caso de dúvida, consulte a Polícia;
•Mantenha também sempre à mão os telefones de Emergência;
•Conheça a localização da esquadra de Polícia mais próxima. Dê instruções à sua família e empregados de como procederem em caso de perigo iminente ou da simples observação de suspeitos pelas imediações;
•Faça o Seguro Multirrisco Garantia Lar.
 

10 - SEGURANÇA NA RUA
•Atravesse as ruas com atenção, observe de onde vêm os carros e se o semáforo está verde para os peões. Olhe sempre para os dois lados;
•Atravesse sempre na passadeira;
•Ande sempre pelo passeio. Se não houver passeio, caminhe no sentido contrário ao do trânsito, para ter uma melhor visão dos veículos;
•Use roupas claras (ou um sinal luminoso) quando andar a pé à noite, garantindo assim que os automobilistas o vêem;
•Não permita que uma criança menor de 10 anos atravesse a rua sozinha, até que tenha a certeza de que ela tem capacidade de avaliação da segurança;
•Não deixe as crianças brincarem sozinhas na rua, em locais movimentados, passeios, estacionamentos de carros e entradas de garagens. Elas distraem-se facilmente e não têm noção do perigo;
•Atrás de uma bola pode aparecer uma criança. Mas, atenção! Nem todas as crianças que aparecem subitamente na estrada, vêm precedidas de um sinal;
•Não circule demasiado perto de uma fila de veículos. De entre eles pode surgir uma criança;
•Reduza a velocidade onde existem crianças, principalmente perto de escolas, parques infantis e zonas residenciais;
•Com chuva, os peões, e sobretudo as crianças, têm tendência para andar mais depressa ou mesmo correr, levarem o guarda-chuva muito inclinado ou caminharem com a cabeça inclinada - o que lhes dificulta a visibilidade. Esteja preparado para estas situações;
•Ao cruzar ou ultrapassar um veículo de transporte público, parado para saída ou entrada de passageiros, reduza a velocidade, pois pode surgir um peão a atravessar subitamente por trás ou pela frente do veículo;
•Não é aconselhável fazer uma grande refeição antes da partida, já que a digestão será pesada e pode dificultar a condução. Como é óbvio, as bebidas alcoólicas estão proibidas;
•Explique ao seu filho que, antes de atravessar uma rua sem semáforos, deve olhar para a esquerda, depois para a direita e novamente para a esquerda;
•Faça os Seguros de Vida, Acidentes Pessoais e AUTO+.
 

11 - SEGURANÇA AO SAIR À NOITE
•Ao chegar a casa: se estiver com carro, veja se não há ninguém suspeito. Se for a pé, ponha a chave na mão mas não entre em casa se vir algum movimento estranho;
•Na rua, o melhor é andar em grupo;
•Avalie bem os riscos do local onde está e a melhor forma de deslocamento. Não ande a pé se for perigoso, não vá pela rua fora à procura de táxi: chame um pelo telefone. Os táxis são considerados seguros pela polícia;
•Evite locais perigosos e de reconhecida violência;
•Observe as pessoas que estão à sua volta, para evitar conflitos;
•Nas casas de diversão nocturnas, não use o telemóvel pendurado na mala ou na roupa. Certifique-se de que a mala está fechada e que a carteira está guardada num bolso seguro;
•Informe sempre a sua família sobre onde vai e com quem vai estar;
•Nunca esqueça os documentos;
•Evite as confusões;
•Faça os Seguros de Vida e AUTO+.
 

12 - SEGURANÇA NOS CONDOMÍNIOS
•As entradas do imóvel – social, de serviço e garagem – devem ser suficientemente iluminadas, evitando-se o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local à distância;
•Os acessos aos apartamentos devem ser também dotados de boa iluminação, controlada desde o interior da residência. As portas devem ser sólidas e guarnecidas de “olhos mágicos” ou outros dispositivos que permitam a observação do vestíbulo;
•O interfone é de grande valia para que, em caso de emergência, o morador comunique a presença de suspeitos ou de indivíduos indesejáveis no seu “hall” de entrada;
•Havendo outros prédios contíguos ou próximos, por consenso dos seus moradores, poderá ser instalada uma ligação por interfone das suas portarias, ou até de um simples alarme sonoro, que funcionará como pedido de auxílio nos momentos de perigo;
•Alarme sonoro, acústico ou luminoso poderá ser instalado numa casa vizinha, num estabelecimento comercial ou simplesmente num local exterior, à vista dos moradores da vizinhança, com divulgação da instalação deste recurso;
•Nos condomínios fechados, a guarita do porteiro deve estar recuada em relação ao portão e todo o prédio estar rodeado de grades altas, sendo o portão da garagem controlado pela portaria.
•Os equipamentos de segurança (portas de entrada, portões de garagem, extintores, etc.), devem estar em perfeitas condições de uso. As chaves que forem confiadas a empregadas não devem conter todas as portas do apartamento, permitindo-se o isolamento de algumas dependências privadas, principalmente durante o repouso nocturno. Os empregados podem ser atacados e forçados a abrir as portas de que possuam chaves, surpreendendo os restantes moradores;
•Ao chegar e ao sair, esteja alerta para a presença de estranhos nas imediações do seu prédio. Qualquer suspeita deverá ser comunicada imediatamente à Polícia, que saberá analisar a informação e tomar as providências necessárias; se, não obstante, for surpreendido por assaltantes, procure manter a calma. Não olhe directamente para os seus atacantes nem discuta com eles. Podendo, diga que não guarda nada de valor em casa, por exigência do seu seguro, e que está à espera de visitas;
•Faça o seguro Multirrisco Condomínio.

GARANTIA - Companhia de Seguros de Cabo Verde, S.A. - Todos os Direitos Reservados
Sede Chã de Areia, C.P. 138 Praia, Cabo Verde, NIF: 200110322
Telefone:(238)2608600 Fax:(238)2616117 
Capital Social 400.000.000 CVE
garantia@garantia.cv

ISO9001IQNET

Don't have an account yet? Register Now!

Sign in to your account